Reportagem

Size 590 porto alegre

Preços dos imóveis desaceleram pelo quarto mês seguido

Preços dos metros quadrados de imóveis à venda sobem menos que a inflação esperada em doze das 16 cidades monitoradas no mês de março

São Paulo – Os preços dos imóveis brasileiros à venda continuam a desacelerar. Pelo quarto mês seguido, os valores dos imóveis anunciados subiram, em março, menos que ainflação esperada para o período.

Em doze das 16 cidades acompanhadas pelo Índice FipeZap – que acompanha os preços dos imóveis à venda pelo Brasil – os preços dos metros quadrados dos imóveis anunciados subiu menos que a inflação esperada de 0,84% para março.

Como resultado, a média nacional foi uma elevação de apenas 0,64% nos preços dos imóveis anunciados no mês passado. Em 12 meses, a alta foi de 12,9%.

Em duas capitais – Porto Alegre e Brasília – houve queda nos preços pedidos pelos vendedores de imóveis. Na capital gaúcha, a retração foi de 1,07%, enquanto que em Brasília, a redução foi de 0,07%.

No primeiro trimestre do ano, o Rio de Janeiro liderou as altas, como elevação de 3,35% nos preços exigidos pelos vendedores. Já São Paulo viu alta de 2,08% no período, em linha com a média das 16 cidades: 1,99%.

Veja na tabela a seguir o desempenho dos preços do metro quadrado anunciado para venda nas 16 cidades acompanhadas pelo Índice FipeZap em março:

RegiãoVariação mensal março/14Variação mensal fevereiro/14Variação nos últimos 12 meses
Vila Velha1,75%0,56%12,90%
IGP-M1,67%0,38%7,53%
Fortaleza1,41%0,81%11,00%
Rio de Janeiro1,03%1,08%14,90%
Niterói0,90%0,82%11,40%
IPCA0,84%*0,69%-
Salvador0,81%0,60%9,90%
São Bernardo do Campo0,80%0,67%10,90%
Índice FipeZap Composto (7 cidades)0,74%0,66%12,10%
Recife0,71%0,89%17,00%
São Paulo0,71%0,62%13,30%
Santo André0,70%0,76%12,40%
Curitiba0,67%-0,07%34,20%
Índice FipeZap Ampliado (16 cidades)0,64%0,57%12,90%
São Caetano do Sul0,64%0,79%12,10%
Belo Horizonte0,54%0,42%7,10%
Vitória0,51%0,36%16,50%
Florianópolis0,43%0,45%14,80%
Brasília-0,07%-0,33%3,50%
Porto Alegre-1,07%-0,37%9,70%

(*) Projeção do Boletim Focus do Banco Central
Fontes: Índice FipeZap e Banco Central

Reportagem: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/precos-dos-imoveis-desaceleram-pelo-quarto-mes-segui...