Reportagem

Naplanta thumbnail 100x100

Paisagismo residencial: veja tendências e por que fazer

O paisagismo residencial é uma tendência que tem crescido muito nos últimos tempos, principalmente por buscar uma recuperação do equilíbrio entre os ambientes urbanos e a natureza.

Muitas vezes, através de plantas de grande porte você consegue explorar melhor a natureza dentro de sua própria casa, em um ambiente cada vez mais difícil de encontrar esse contato.

Inclusive, a maioria dos ambientes urbanos tem perdido o contato com o meio ambiente, por conta da necessidade de utilização de espaços e de estruturas cada vez mais espaçosas de concreto e aço.

Por isso, quando você pensa no paisagismo residencial, está ativamente buscando uma solução para se aproximar mais da natureza, de forma a criar um ambiente de lazer, relaxamento e descanso, aumentando assim a qualidade de vida dos moradores.

Esse tipo de recurso pode inclusive ser acompanhado de estudos de impacto ambiental, para encontrar a melhor solução para você.

Além disso, esse movimento também tem benesses financeiras, uma vez que um imóvel afetado pelos efeitos do paisagismo residencial pode sofrer uma variação de até 20% de seu valor de venda, sendo uma excelente oportunidade de negócio.

Pontos que devem ser avaliados antes do paisagismo

Existem alguns elementos importantes que devem ser levados em conta quando você pensa em criar um ambiente com paisagismo. Esse tipo de estrutura precisa de muito planejamento e estudo, e é possível identificar alguns elementos essenciais nesta etapa.

O primeiro deles é o geográfico. É importante pensar no ambiente em que o imóvel se encontra para que você consiga estruturar uma paisagem condizente, sem que as plantas sofram com o clima ou tipo de terreno utilizado.

Outra preocupação importante no paisagismo é a hidrográfica. Neste caso, você deve levar em conta o acesso a água que as plantas receberão, para evitar que elas morram de sede.

Para manter um ambiente agradável e refrescante, é preciso que todos os elementos estejam saudáveis.

O elemento biótico no paisagismo diz respeito a como a decoração se integra ao meio ambiente, através do ecossistema criado pelas plantas e outras escolhas do paisagismo. É preciso ter um ambiente que seja funcional e vivo, para conseguir melhores resultados.

Pensando nisso, algumas soluções ambientais podem ajudar o meio ambiente dentro de sua casa, recriando e reestruturando seu relacionamento com o ecossistema.

Por fim, o fator humano é importante para definir como os anteriores se integrarão. Quanto mais você conseguir explorar as possibilidades do paisagismo, melhor. Por isso, é importante estar sempre atento às muitas variáveis que podem surgir no processo.

Tendências atuais do paisagismo

Algumas tendências têm surgido entre os especialistas de jardinagem e paisagismo. Tratam-se de elementos interessantes e que muitas vezes podem ser aproveitados em espaços externos, mesmo em imóveis com tamanho reduzido.

Para conseguir aplicar os conceitos corretos de paisagismo, entretanto, o ideal é procurar um profissional qualificado, que saberá exatamente qual o melhor formato para sua residência e quais opções você poderá escolher.

Entre os mais conhecidos estão:

Jardim Vertical

Esta tendência urbana tem ganhado muito espaço na decoração, em grande parte por sua versatilidade e a possibilidade de explorar novos conceitos em espaços reduzidos.

O jardim vertical é uma estrutura que normalmente fica fixada em uma parede, permitindo que você coloque diversas plantas para gerar uma área verde.

Esse tipo de área fica muito bem em sacadas e outros espaços que recebem impacto direto de luz solar, principalmente em apartamentos e outros tipos de imóveis pequenos.

Esse tipo de jardim também ajuda no isolamento acústico, tornando sua casa menos afetada pelos barulhos externos. Então, se você quer criar um espaço para se integrar com a natureza e relaxar, o jardim vertical é uma excelente opção.

Decoração externa

Se você possui uma área externa em sua residência, pode aproveitar muito mais os conceitos de jardinagem e paisagismo, criando ambientes incríveis e muito conectados à natureza.

Para isso, é preciso criar um ambiente coeso, onde as interações entre o mobiliário e a natureza coexistam. É importante que você tome alguns cuidados, principalmente se a área externa for aberta.

Isso porque as intempéries do tempo podem danificar estruturas e mobílias que não estejam preparadas para aguentar variações de tempo, em especial fortes chuvas. Por isso, apostar em mobília de metal continua sendo uma excelente opção.

Os móveis de metal também costumam ser pesados, não sendo afetados por ventos fortes e outras ações climáticas prejudiciais, é o caso de uma mesa de inox, por exemplo. 

Existem também alguns móveis de madeira que são próprios para esse tipo de espaço. Neste caso, a madeira é tratada para garantir uma resistência maior e uma boa utilização nas áreas externas.

Espaços de jardim

Muitas pessoas utilizam o jardim como área de descanso e lazer para passar mais tempo com a família. Para que isso aconteça de forma mais agradável, é preciso que a estrutura do ambiente esteja adequada.

Caso não exista nenhuma proteção para o sol em seu jardim, considerar a instalação de um gazebo pode fazer a diferença no ambiente. Ele se integra facilmente com conceitos de paisagismo e cria um ambiente agradável para você sentar e relaxar.

Além disso, é possível pensar em diversos modelos de gazebo para a utilização, conseguindo um espaço muito maior de área útil em seu jardim.

Por fim, você pode até mesmo utilizar um revestimento cimento queimado para criar uma estrutura diferenciada neste espaço, deixando seu paisagismo muito mais belo e criativo.

Caminhos e trilhas

Se você tiver um terreno adequado para isso, pode conquistar até um espaço adequado para trilhas e caminhadas dentro de seu imóvel. Esse tipo de elemento costuma exigir um espaço grande, ideal para chácaras e outros imóveis maiores.

Entretanto, a criação de uma trilha ou um caminho arborizado e natural pode ser muito bom, principalmente para fazer com que você se exercite e elimine o sedentarismo. Muitas vezes, as pessoas desistem de se exercitar por não terem um local adequado para isso.

Uma trilha de caminhada acaba sendo um momento de ligação com a natureza, e permite que você fique muito mais próximo e adequado ao ambiente ao seu redor.

Por isso, é importante pensar em como utilizar toda a estrutura de seu terreno, não só a área útil construída. As possibilidades dentro da jardinagem e paisagismo são inúmeras, principalmente se você manter e trabalhar com a manutenção de áreas verdes.

Como colocar em prática esse projeto?

Para você conseguir utilizar corretamente seu espaço, é preciso tomar algumas precauções. 

Antes mesmo de contar com a ajuda profissional, você pode verificar alguns elementos que são importantes na estrutura de um paisagismo residencial, sendo os principais pontos:.

Defina o local

O primeiro passo para você conseguir explorar melhor o conceito de paisagismo em sua residência é definir exatamente qual ambiente de sua casa será utilizado.

Você precisa compreender as dimensões do que está pretendendo fazer, bem como o espaço disponível para isso.

Você pode ter um grande quintal, mas não pretender utilizar todo o espaço para uma área com paisagismo. Ou talvez tenha apenas uma varanda para explorar. É preciso planejar tudo com muita segurança biológica, principalmente para um melhor aproveitamento.

Em qualquer um dos casos, é importante pensar em formas de aplicar o que você deseja neste tipo de espaço. Assim, você conseguirá resultados muito mais efetivos.

Tenha um orçamento

Qualquer mudança em sua casa precisa passar por um bom período de análise de orçamento. Você precisa ter certeza do que está se propondo a fazer, uma vez que redecorar um ambiente costuma ter um custo alto.

Por isso, é preciso muito controle e organização para você conseguir aproveitar o melhor que puder para criar um ambiente de jardim adequado para sua estrutura, sem extrapolar seu orçamento e acabar adquirindo uma dívida.

Se você precisar de um serviço de terraplenagem, por exemplo, é importante estar preparado para este custo.

O tempo é primordial

Um ambiente com paisagismo residencial é um ambiente vivo. Pense muito bem antes de iniciar uma reforma, uma vez que as plantas precisarão de cuidados e atenção, e você deve ter o tempo livre para cuidar de tudo, por exemplo:

  • Regar as plantas;

  • Cuidar do solo;

  • Realizar poda;

  • Limpar o ambiente.

Lembre-se, além de ser um gasto desnecessário, pode acabar deixando sua casa com uma energia muito pesada se você deixar o jardim abandonado. 

Conheça seu jardim

É imprescindível que você conheça as plantas que colocará no ambiente. Dessa forma, você conseguirá explorar de forma muito melhor tudo o que tem disponível, sabendo como cuidar de cada planta e do espaço em si.

É importante estudar a quantidade de sol, água e quais cuidados especiais seu jardim precisa para se manter saudável.

Considerações finais

Embora o paisagismo residencial pareça a melhor opção para ter um jardim em sua casa, você deve se atentar a vários detalhes de manutenção e cuidados com as plantas, para que efetivamente tenha bons resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.