Reportagem

Naplanta thumbnail 100x100

Principais tendências do mercado imobiliário para 2021

Entender as tendências do mercado imobiliário em 2021 pode ser uma boa forma de saber como e onde investir o seu dinheiro, bem como se preparar para as possíveis mudanças que ocorreram e ocorrerão no segmento neste ato tão diferente.

Não é novidade que a pandemia do coronavírus pegou quase todos os setores de surpresa, sendo que com o mercado imobiliário não foi diferente. Muitas coisas tiveram de ser repensadas e remodeladas para suprir as necessidades que surgiram.


O ano de 2020 pode ter sido considerado um ano positivo no setor imobiliário devido à redução das taxas de juros. Sabe-se que o mercado imobiliário vive por meio de crédito como uma empresa especializada em construção civil.


Isso ocorre porque o valor agregado é altíssimo, visto que um imóvel, muitas vezes, é a maior compra que uma pessoa fará em sua vida. Isso faz com que as pessoas recorram a um financiamento para conseguir adquirir a tão sonhada casa própria.


As pessoas entendem que taxas de juros baixas significam que é hora de comprar. No ano anterior as taxas foram bem reduzidas e as pessoas, apesar da crise, conseguiram realizar seus financiamentos.


Isso somado com a queda do valor bruto de muitos imóveis, fez com que as pessoas conseguissem ter acesso aos valores. Já em relação a demanda do mercado, não foi alterada, uma vez que é uma situação comum em nosso país a adesão de imóveis.


Com essa receita de juros baixos, preços acessíveis e demanda existente, o mercado imobiliário funciona. A alteração de algo nesses pilares resultará na mudança do cenário vivido, mas esse é o mecanismo básico do mercado imobiliário.


Em 2021 o mercado poderá oscilar um pouco, mas as propensões feitas são positivas, uma vez que um ar de esperança surge. 


Então se o seu sonho é adquirir ou vender aquele tão sonhado imóvel com aquela linda churrasqueira aço inox, atente-se às principais tendências do mercado imobiliário para 2021.

A mudança gerada pela vacina 

É impossível falar de qualquer segmento em 2021 sem contextualizar com a pandemia que todos vivem, mas o mercado é vivo e ativo, então, se passa por dificuldades hoje, poderá passar por longos períodos de festividades. 


A notícia da vacina anima todos os segmentos pela volta das atividades normais. Um corretor de imóveis não terá mais receio de ir com seus clientes até o local e vender o sonho deles. 


Fato é que com toda a população imunizada e a imunidade de rebanho prevista para o fim do ano, o mercado tende a se movimentar positivamente como se esperasse ansiosamente para a volta dos dias normais. Portanto, mudanças virão, fique de olho!

Prioridade na qualidade de vida 

As pessoas passaram a ficar longos períodos em casa com toda a família, algumas mais cheias do que as outras, mas em geral todos em casa. Isso fez com que as partes utilizáveis do imóvel fossem mais requisitadas.


Assim, banheiros, salas de estar, cozinha e até dormitórios passaram a ser muito mais frequentados, gerando nas pessoas um desejo por uma melhor qualidade desses cômodos, além de métodos que possibilitem a preservação da privacidade delas.


Assim, passaram a contratar empresa de reforma e construção para suprir essas necessidades, mas com o objetivo de conseguir apenas um alívio. Por isso, as pessoas tendem a buscar em novos imóveis todas as necessidades não atendidas no período.


Então algumas situações são criadas: a filha mais velha procurará um imóvel para morar com o noivo, após verificar que não tem privacidade em sua casa. O pai da família buscará um imóvel perto da casa de seus familiares e a mãe vai querer algo mais ligado ao sossego.


Cada pessoa com sua necessidade única criada após o longo confinamento em casa. É importante se ater a essas necessidades e aproveitá-las para conquistar novas vendas.

Tecnologia contratual 

Documentos, folhas, carimbos e assinaturas. Quantas páginas são precisas para assinar um contrato de imóvel? Tudo isso à distância? Parece muito complicado e, de fato, é. Por isso, a tecnologia chegou e é mais uma tendência do mercado imobiliário.


Uma administradora predial ou imobiliárias passaram a utilizar da tecnologia para conseguir suprir necessidades físicas e presenciais. Tudo por meio de chamadas de vídeos, sendo que a montagem de projetos feitos em 3D, possibilitam a visualização do local.


Diversos softwares estão sendo utilizados para construção desses projetos, onde o cliente consegue fechar contratos à distância e tendo total noção do que está comprando. A possibilidade da digitalização de documentos também ajuda com diversos documentos.


Um celular moderno é capaz de digitalizar os contratos e poupar grandes esforços de ir até a imobiliária e resolver problemas contratuais. Os cartórios de fato só são acionados em último caso, e isso facilita muito todo o processo de compra e venda.


Essa é uma tendência para diversos segmentos além do setor imobiliário, pois as empresas notaram a força do ramo digital e o quão positivo pode ser um ambiente online para a manutenção e geração de novos clientes.

Aumento da concorrência 

De uns anos para cá, conforme dissemos no início do artigo, as taxas para financiamento baixaram consideravelmente, sendo que isso possibilitou um aumento positivo das compras e vendas do setor imobiliário. Ademais, isso ocorreu devido ao aumento da concorrência.


Empresas que investiram em um projeto de paisagismo de alto padrão, por exemplo, gastaram um valor elevado na execução desses projetos, mas isso só foi possível graças ao aumento da concorrência entre diversas imobiliárias, bancos e formas de financiamento.


A grande parte dos financiamentos realizados no Brasil são realizados em bancos que emprestam o dinheiro para as pessoas concretizarem o tão desejado sonho da casa própria. 


O aumento das possibilidades para realizar diversos tipos de financiamentos acabou por diminuir as taxas de juros a ponto de ficar rentável para o público geral, ou seja, em vez de poucos comprarem no mesmo local, muitos passaram a comprar em diversos locais.


Além disso, processos de assinatura digital e a possibilidade de encurtar o tempo para aprovação do financiamento, seja para aluguel ou compra, fazem com as pessoas cogitem por mais vezes fechar um negócio com a imobiliária. 


Portanto, o processo de compra de imóveis foi simplificado devido a todos esses fatores citados acima. Desde de que a taxa SELIC não aumente a ponto de mudar a taxa de financiamento, essa é uma forte tendência ao mercado.


Então a concorrência entre as imobiliárias sem uma intervenção direta do governo, fará com que o mercado se aqueça cada vez mais, possibilitando formas que facilitam a aquisição de imóveis, seja para aluguel ou compra, conte com instalações elétricas prediais novas ou não.

Mercado imobiliário aquecido

O mercado ficará cada vez mais quente devido aos processos de uma boa recuperação do mercado imobiliários nos últimos dois trimestres de 2020. Isso ocorreu devido a alguns fatores como:


  • Redução das taxas e selic baixa;

  • Novas necessidades dos clientes;

  • Concorrência positiva entre empresas;

  • Inovações tecnológicas;

  • Mercado pós pandemia.


Esses fatores foram e serão essenciais para que o mercado continue aquecido para quem deseja vender, comprar ou alugar imóveis. Dificilmente perderão força apesar da crise gerada pela pandemia.


Então, busque empresas que prestam serviços de avaliação imobiliária, principalmente para verificar a procedência do local e métodos para compra e afins. Isso possibilitará uma visão mais ampla de tudo. 

Investindo na carteira imobiliária 

Ao longo do artigo vimos que apesar da crise gerada em diversos setores por causa do  coronavírus, o setor imobiliário se blindou parcialmente e conseguiu se esquivar e se adequar às novas realidades do mercado.


Essa blindagem é algo que todo investidor busca, por ser um local seguro onde o dinheiro tende a crescer. Por isso, investir em carteira de imóveis é uma das tendências para o ano de 2021. Visto que são investimentos seguros e com oscilações positivas. 


Até novos investidores, que pouco conhecem do mercado de ações, têm investido no setor e na oportunidade de conseguir gerar uma renda a curto prazo. 

Conclusão

E então, gostou das tendências para o mercado imobiliário em 2021? Pois bem, realize a reforma de fachadas de prédios, que esteja ao seu alcance e comece a aproveitar as claras oportunidades que esse setor vem proporcionando para diversos empreendedores. 


Lembre-se que o mercado imobiliário é forte devido a grande necessidade do país e o desejo das pessoas em conseguirem conquistar a casa própria. Veja a hora certa de investir ou vender aquele imóvel parado.


O ano 2021 ainda prevê grandes mudanças, então, trabalhe com projeções atuais, pois os clientes do mercado imobiliário passam ao menos um ano negociando o imóvel.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.