Reportagem

Naplanta thumbnail 100x100

Papel de parede: veja como utilizar e dicas para aplicação

Um meio diferente e mais prático de transformar um ambiente em casa ou embelezar um cômodo pela primeira vez, apenas renovando a decoração das paredes, é por meio da instalação de um papel de parede.

Além de existirem diversos estilos e estampas, há papéis de parede de materiais diferentes, facilitando para o cliente escolher qual tipo mais se adapta à sua casa e o que ele mais se sentirá confortável para instalar. 

Conheça os benefícios de utilizar papel de parede

Utilizar papel de parede, seja em casa, no escritório ou em qualquer outro lugar, traz diversas vantagens para o consumidor. Deste modo, as principais serão citadas a seguir:


  • Praticidade de aplicação;

  • Fácil de trocar ou repor;

  • Baixo custo;

  • Alta variedade de opções;

  • Não possui toxicidade;

  • Durabilidade;

  • Pouca sujeira para instalar.


Para entender mais profundamente como funcionam os papéis de parede e como eles podem de fato trazer benefícios, esses tópicos serão analisados separadamente.

Praticidade de aplicação

Assim como um carpete em placas é instalado em partes, o papel de parede também. Para colocá-los na superfície, é preciso instalar em colunas ou fileiras, uma vez que são vendidos em rolos.


Ou seja, é prático e só precisa de alguns materiais específicos, como cola, escada, espátula, tesoura, trena e panos. Inclusive, a maioria das coisas são mais básicas.


Além disso, caso precise comprar cola, elas são fáceis de encontrar, sendo vendidas nos mesmos locais em que há venda de cola para acrilico, por exemplo.


Como não há segredo na instalação, é possível que o proprietário mesmo instale a decoração. Uma dica para não surgirem novas dúvidas, é assistir vídeos que pessoas ensinam a realizar o processo. 

Fácil de trocar ou repor

Como a parede está “protegida” por papel parede, é prático retirá-lo para trocar a estampa ou instalar um papel para renovar a qualidade. Dessa forma, se o proprietário busca por uma opção que possa mudar e adaptar com frequência, esse material é o indicado. 


Por exemplo, se uma loja de massagem decidir adotar o uso deles, pode instalar um papel de parede oriental decoração, e, depois, caso deseje mudar de estampa para uma textura, seria uma atividade prática, sem ter que fechar o negócio por isso.

Baixo custo

Por ser vendido em rolos, é mais fácil poupar gastos desnecessários. Fora isso, o custo da contratação de um outro profissional para instalar o papel pode ser dispensado. 


Outro fator que diminui o custo de ter um papel de parede é o fato de não ter que utilizar o produto mais de uma vez na parede para o resultado ser favorável, como é o caso do uso de tintas. 

Alta variedade de opções

Assim como os vidros blindados, os papéis de parede também disponibilizam uma alta variedade de opções para serem escolhidas pelos clientes.


Como os papéis de parede não são limitados a apenas cores, mas sim, com diferentes combinações de estampas e desenhos, a gama de opções de decoração é gigante.


Portanto, não há perigo de não encontrar um adorno que combine com o proprietário, o estabelecimento ou os desejos do consumidor. Existem tipos para qualquer gosto e desejo.

Não possui toxicidade

Diferentemente do que acontece com as tintas, os papéis de parede não possuem toxicidade. Isso é muito relevante no momento da instalação para o proprietário, que não precisa esvaziar o local apenas para mudar a decoração.

Durabilidade

Como a pintura tem uma durabilidade menor e deve ser retocada com frequência, o papel de parede permite uma troca depois de um tempo maior. Ele dura cerca de 3 vezes mais do que a pintura.

Pouca sujeira para instalar

Por não precisar de muitos materiais ou muita preparação antes de instalar o papel de parede, a quantidade de sujeira produzida é muito pequena. 


Além disso, o lixo produzido é fácil de ser descartado, dessa forma, não precisando de uma limpeza mais especializada e profunda após a instalação.


Para ser instalado, o papel de parede não precisa de tantos esforços como os que são exigidos para grandes instalações, em que utilizam concreto bombeado, por exemplo.

Simples de manter limpo

Com o papel de parede não existe o contato direto das impurezas com a parede, então não é preciso uma limpeza mais profunda. Além disso, já existem papéis de parede que não absorvem a sujeira.


Dessa forma, é possível manter o cômodo decorado do jeito que o proprietário desejar e limpo sempre. Assim, não será preciso gastar dinheiro com limpezas mais específicas ou cuidadosas.

Principais tipos de papel de parede

Fora o fato de que os papéis de parede existem de diferentes cores, desenhos e estampas, eles também podem ser de diferentes tipos e materiais. Os principais serão analisados a seguir: 

1 - Vinílico

Esse tipo é feito em PVC, ou seja, é muito resistente à umidade. Portanto ele é indicado para ambientes que recebem grande quantidade de luz solar e, obviamente, que sofram com umidade. 


Dessa forma, ele é viável para ambientes que os móveis são lavados com frequência, pois não retém água e não gerará problemas com mofo. Além disso, ele é fácil de limpar, permitindo que as paredes sejam lavadas sem que a qualidade do papel seja perdida. 

2 - TNT

O tipo TNT tem a textura muito similar a de um tecido comum. Ele é indicado para ambientes secos, livres de umidade, uma vez que ela pode causar mofo e desgaste no papel. 


Para a limpeza do papel, é mais utilizado detergente neutro. E para evitar a retenção de qualquer tipo de umidade, é válido utilizá-lo em paredes com acesso a luz e calor solar. Dessa forma, há garantia que ele sempre estará seco, longe do mofo.

3 - Tradicional

Esse tipo de papel de parede é feito a partir da celulose, ou seja, é delicado como papel para sublimação por exemplo. Dessa maneira, ele é mais frágil e deve receber uma atenção mais especial para que dure mais. 


O ideal é que seja instalado em ambientes secos, pois a umidade pode prejudicar o tempo de conservação do material. A limpeza indicada é através do aspirador de pó. 

4 - Autocolantes

Como citado acima, um dos materiais utilizados para a instalação é a cola. Porém, alguns tipos de papel de parede são adesivos, portanto só devem ser encaixados na parede.


Esse tipo é essencial para iniciantes ou pessoas sem prática na aplicação ou, até mesmo, quem não querem gastar parte no investimento na compra de cola.

Dicas para a aplicação

Para pessoas que acabaram de conhecer o método de decoração, algumas dicas podem ajudar na instalação desses. Portanto, algumas orientações serão destacadas.


Primeiramente, é essencial deixar a parede nivelada e com uma mão de tinta antes de instalar o papel em si. Por isso, caso haja folga no orçamento, realizar um tratamento de superfície, por exemplo, seria benéfico para o processo geral.


Medir a área de instalação é fator vital, uma vez que evitará o gasto de dinheiro a mais e o desperdício desse. Porém, é importante dividir a parede em caso de janelas, para que a área dela não seja considerada. 


Entretanto, ao definir a quantidade necessária, é indicado considerar poucas medidas a mais para que não ocorra o imprevisto de falta ou de buracos.


Ademais, é preciso identificar o cômodo em que o papel de parede será utilizado para definir o material mais indicado. Por exemplo, para instalar uma divisória piso teto, são considerados o local e o risco para definir a qualidade do vidro a ser utilizado.


Depois de instalado, corte as sobras, para que o trabalho não pareça mal-feito e toda a área seja coberta. Seguindo esse raciocínio, é vital se lembrar de recortar os espaços para tomadas e interruptores, a fim de não cobri-los. 


Pedir ajuda neste momento não é fraqueza. Pelo contrário, é importante ter uma outra visão para identificar se a instalação está correta e prevenir erros, como deixar torto ou com bolhas. 


Usufruir do mundo digital para conseguir imagens ou vídeos de como o processo deve ser realizado em momentos de dúvida é muito indicado também.

Conclusão

Portanto, entende-se que o papel de parede pode ajudar muito na hora de decorar um ambiente, além de que continuará beneficiando o proprietário com sua qualidade a longo prazo.


É uma nova ferramenta muito mais indicada, com um leque de opções tanto de design como de materiais, que melhoram a visão do local e a vida do proprietário, que não precisa se preocupar com diversas consequências de uma pintura normal.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.