Reportagem

Naplanta thumbnail 100x100

Como fazer o fechamento de varanda para seu apartamento?

Um dos segmentos que mais cresce no Brasil é o de construção civil e engenharia no geral, seja para grandes obras ou para alterações menores.

Como o fechamento de varanda, que pode trazer várias vantagens a um apartamento.

Aliás, se essa tendência já vinha crescendo nas últimas décadas, com a pandemia de 2020 o cenário se aqueceu mais ainda. Já que a necessidade de ficar em casa levou muitas pessoas a perceberem como é importante ter um ambiente apropriado.

Por exemplo, o home office é um fenômeno que cresceu demais, de modo que muita gente precisou buscar soluções como a das divisórias com isolamento acústico, para conseguir montar um cantinho tranquilo onde trabalhar.

Inclusive, as próprias varandas podem ser adaptadas nesse mesmo sentido, especialmente nos apartamentos, pois muitas vezes esse tipo de imóvel enfrenta barreiras muito sérias no tocante à metragem e aos espaços disponíveis.

Às vezes é possível adaptar um canto para o trabalho doméstico na sala de estar, em algum corredor que leva dela para os quartos, ou no próprio dormitório. Mas quando isso não é possível, a varanda se mostra como a última alternativa.

Porém, infelizmente nem sempre é tão simples recorrer a essa solução. Além das dificuldades naturais de uma alteração em termos de engenharia e construção, quase sempre é preciso consultar a administradora predial do condomínio.

Há questões legais envolvendo os demais moradores, bem como normas e regulamentos municipais de cada prefeitura do país. Sem falar na responsabilidade individual de cada um e em possíveis reajustes tributários em torno do IPTU.

Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo aqui alguns conceitos indispensáveis para não ter dor de cabeça no futuro, além de dicas que ensinam o passo a passo de como fazer o fechamento de varanda do seu apartamento.

Então, seja qual for o motivo da alteração, para construir um home office ou fazer uma área de lazer e gastronomia, basta seguir adiante na leitura.

O que é essa alteração?

As buscas por soluções como “envidraçamento de varanda” ou “cortina de vidro” crescem cada vez mais na internet, já que as vantagens dessa melhoria são muitas.

Todos esses termos são um outro modo de se referir ao fechamento de varanda com vidro, que é o que permite à sacada se tornar muito mais útil.

Isso ocorre porque geralmente a varanda se torna uma parte isolada da casa, fazendo com que os apartamentos acabem não utilizando esse cômodo.

Isso ocorre tanto por conta dos dias de chuva, quanto pelo simples excesso de ventos, especialmente nos apartamentos que ficam mais altos e fazem parte de grandes torres. Com o fechamento da varanda o local se torna útil, podendo servir para:

  • Uma varanda de tipo gourmet;

  • Uma sacada integrada com living;

  • Uma varanda de tipo home office;

  • Uma sacada com TV e multimídia.

Enfim, há várias alternativas e aplicações que podem tornar o espaço mais do que um ambiente morto, com algumas poucas plantas e sem aplicação prática.

Porém, antes de detalhar cada uma das aplicações listadas acima, vamos tratar um pouco mais da parte burocrática. Ela vem primeiro, afinal, você não vai querer fazer toda uma reforma e depois descobrir que ela era irregular, não é mesmo?

Entenda a questão condominial

Existe uma determinação no Código Civil, que é a Lei nº 4.591/64, que regula todas as questões condominiais que envolvem o convívio das pessoas nesse tipo de moradia.

Dentre vários pontos fundamentais, um deles trata especificamente da questão da fachada e do seu aspecto visual, no sentido propriamente estético do termo.

O que ocorre é que algumas alterações costumam ser proibidas, especialmente para garantir que não haja prejuízo estético, e que uma varanda não destoe muito das outras e com isso prejudique a valorização do imóvel como um todo.

Por exemplo, uma tela alambrado galvanizada pode ter várias funções dentro de um condomínio, como delimitar fronteiras em quadras esportivas ou áreas de piscina. Mas não necessariamente ela ficaria bem em uma varanda.

Por isso, é preciso que uma determinação do síndico ou do próprio conselho condominial determine quais são os materiais permitidos para fazer o fechamento da sacada, bem como as cores e demais traços estéticos.

Por fim, um modo seguro de fazer isso é convocando uma reunião ou assembleia, na qual será possível tirar as dúvidas e iniciar a obra com mais segurança.

Por dentro das leis municipais

Quem pensa que a questão legal se encerra no direito condominial está enganado. Além de precisar levar em conta o convívio e o risco de desvalorização do apartamento, é preciso consultar as regras da prefeitura local.

Aqui não se trata de determinações federais (que valeriam para o país todo), nem mesmo do governo, que valeriam para o estado inteiro. Por serem exclusivas da prefeitura, não é possível falar de modo generalizado, já que o Brasil conta com mais de 5 mil municípios.

Por incrível que pareça, às vezes a simples instalação de uma cobertura de vidro pode colocar o imóvel em outro enquadramento. Por exemplo, se isso aumentar a área útil residencial, o que altera a metragem e portanto os impostos implicados.

Além do risco de sofrer multas e sanções por não fazer a devida declaração de que você vai fazer o fechamento da varanda do seu apartamento, é possível encontrar barreiras que impeçam determinados tipos de obras e alterações.

Como escolher a melhor empresa?

Um passo importante para evitar dores de cabeça é, ainda antes de bater o martelo, pesquisar bastante se as empresas com quem você tem cotado estão entre as melhores do setor.

A internet está aí para ajudar e pode fazer toda diferença no sentido de evitar transtornos futuros. Por exemplo, talvez você não precise exatamente de um vidro blindado, mas a norma NBR 16.259 da ABNT, de 2014, tem uma regulação para isso.

É preciso que o vidro seja capaz de suportar ventos de cheguem a 350 km por hora. Ou seja, sem uma empresa séria por trás do empreendimento, dificilmente você saberia se os materiais e equipamentos aplicados estão em conformidade.

Além disso, as cortinas de vidro permitem abertura maior da varanda para o exterior, ao passo que a solução de caixilhos com vidros fixos limita um pouco essa abertura.

Com o devido suporte profissional você vai poder decidir melhor e encontrar um custo-benefício que depois não gere arrependimento.

As soluções de entretenimento

Enfim, você precisa definir se o seu empreendimento busca fechar a varanda do apartamento por razões de entretenimento e lazer, ou motivos de trabalho.

No primeiro caso, é possível optar por uma solução gourmet ou multimídia. As varandas gourmets podem trazer churrasqueiras diferenciadas, fornos à lenha para pizzas e afins ou mesmo uma área mais completa.

Seria o caso de uma pia, com canto para corte de carnes, cooktop para cocção em panelas e até freezers embutidos, que serviriam mais ou menos como um balcão refrigerado inox.

Isso amplia consideravelmente o espaço social da casa, valorizando o apartamento e tornando-o muito mais agradável para os moradores e também para amigos e convidados em geral.

Já a opção multimídia costuma unir soluções com home theaters, televisores maiores ou mesmo projetores. Se a alternativa anterior é ideal para quem curte alimentações diferenciadas, essa é perfeita para quem gosta de filmes e jogos.

Lembrando que nada impede que você recorra a uma solução que unifique o espaço gourmet e o de multimídia, criando uma área de tipo living muito mais enriquecida. Porém, neste caso você vai precisar de muito mais espaço.

Sobre a varanda home office

Finalmente, a solução de tipo profissional é aquela que permite que você trabalhe em casa, como é típico da demanda por trabalho doméstico, que tem crescido cada vez mais no Brasil, como vimos lá no começo.

O importante aqui é pensar em todos os pontos ao mesmo tempo, desde a beleza da solução até sua funcionalidade e aplicação na rotina prática de trabalho.

É muito comum que profissionais recorram à varanda home office quando há mais pessoas em casa com quem dividir o ambiente durante o dia.

Nesses casos, pode ser difícil conseguir se concentrar em outros ambientes, então a sacada pode se tornar algo como um refúgio.

As soluções acústicas estão aí para garantir que nem o barulho do interior do apartamento e nem o exterior (que vem da rua e do condomínio) incomode demais.

Se o problema for excesso de iluminação durante o dia, também é possível instalar uma persiana para sacada e garantir que o cômodo se torne um escritório perfeito.

Lembrando que também é possível dividir o espaço da sacada, de modo que a área de trabalho não tome todo o espaço. Isso pode ser feito com biombos, que deixam o espaço bem estilizado.

Concluindo

Enfim, as soluções de fechamento de varanda para apartamentos têm sido cada vez mais aplicadas. E não é à toa, pois isso traz várias vantagens.

Além da valorização do imóvel, é possível melhorar a qualidade de vida e até agradar mais as visitas e os amigos em geral. Com as dicas e ponderações legais que fizemos acima, vai ficar fácil você tirar esse projeto do papel sem que surjam transtornos futuros.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.