Reportagem

Naplanta thumbnail 100x100

Como evitar o desperdício de material de construção?

A construção civil é um ramo que está sempre em constante evolução em diversas regiões do país

mas um problema que tem enfrentado desde sempre é o desperdício de material de construção, assunto esse que trataremos ao longo do texto.

Então, pensando nisso, abordaremos algumas maneiras de como evitar o desperdício com materiais de construção com dicas e orientações, além de te mostrar a importância em ter organização quando for começar os processos de uma obra.

Infelizmente, o desperdício é algo comum em todas as obras, sendo que ele impacta diretamente na duração, investimento e otimização da construção civil, precisando sempre parar e pensar o que está acontecendo para tanto material não ser aproveitado.

Mesmo que utilize concreto leve, dificilmente tudo sairá conforme o planejado, e desperdícios podem continuar acontecendo, mas nesses casos em específico, é por conta de algum imprevisto e não por falta de planejamento.

Reduzir a quantidade de desperdícios é a meta da grande maioria das construtoras, afinal, material desperdiçado é praticamente dinheiro jogado fora. Dinheiro esse que poderia ser muito bem utilizado em outras etapas do processo.

E, como o dinheiro é a fonte e o motivo da criação de diversas empresas, seja uma construtora ou uma transportadora de máquinas, alguns atritos podem ser causados desde a fase de planejamento do projeto.

Sendo assim, antes de pegar as dicas e orientações sobre como evitar tais desperdícios, você deve entender o impacto que um planejamento pode causar em seu projeto. Confira no tópico a seguir.

Entenda mais sobre a necessidade de organização

Qualquer projeto que se preze precisa de uma organização eficiente e que seja funcional, fazendo com que o restante do projeto não saia tanto do que estava no escopo e, consequentemente, não gaste mais recursos do que o necessário.

Mesmo a instalação de poço artesiano necessita ser bem estruturada e, para isso, desenvolvem-se projetos para que os processos sejam seguidos, além de evitarem o máximo possível que erros sejam cometidos no caminho.

Qualquer projeto é composto por três pilares fundamentais e que, quanto melhor trabalhados, melhor a ação será desenvolvida que são: escopo, tempo e investimento. Tais elementos podem impactar diversas ações do projeto, como:

  • Valores investidos para o desenvolvimento do projeto;

  • Atraso e gerenciamento de tempo;

  • Quais ações estão previstas no desenvolvimento;

  • O quão organizado o projeto está.

Conforme você desenvolve o planejamento, pode ser necessário comprar uma nova forma de fazer bloco de cimento ou até mesmo contratar mais mão de obra e, tudo isso, estará estipulado no escopo do projeto. Em outras palavras, a organização é tudo.

O escopo lida com todo o planejamento e o que você busca em um projeto. De forma direta, é o planejamento do que você espera gastar e investir em seu projeto, onde pretende chegar e como fará isso.

O tempo lida, obviamente, com o período de tempo gasto para desenvolver cada ação do seu projeto e, dessa forma, entregar algo mais rápido ou verificar se tudo está atrasado e indo contra o que foi planejado no escopo.

E o investimento trabalha com os recursos que estão sendo utilizados na obra, podendo abordar um bloquete de cimento ou até mesmo a contratação de novos funcionários. Pode-se dizer que é a quantidade de dinheiro gasto para o desenvolvimento do projeto.

Em outras palavras, quanto melhor esses três pilares forem desenvolvidos, melhor será o seu projeto e menos desperdícios ele terá, impactando diretamente no desenvolvimento de toda a obra.

Como evitar o desperdício

Existem algumas formas bastante práticas, além do básico que já foi explicado em momentos anteriores deste texto, que podem te ajudar a evitar desperdício de materiais de construção, sejam eles causados ou não por pavimentação asfáltica.

Sem mais delongas, vamos a eles:

01 - Tenha atenção ao canteiro de obras

O canteiro de obras pode ser um dos locais que mais desperdiça material dentro de uma construção, seja pelo layout que não foi bem desenvolvido ou pela má gestão e utilização dos insumos que nele estão. Sem sombra de dúvidas, deve ser bem gerenciado.

A principal dica aqui é fazer com que o canteiro fique a uma distância média da obra. Se ficar muito perto, materiais que caem da construção podem acabar danificando ou quebrando as máquinas e equipamentos que estão no canteiro.

Por outro lado, se ficar muito longe da construção, o tempo para carregar os equipamentos, materiais e insumos de um lado para o outro pode ser muito grande, aumentando o tempo para que a obra fique pronta e deixando os trabalhadores mais cansados.

02 - Cuidado com as misturas

Assim como a instalação de piso vinílico tem o seu material contado para que tudo funcione conforme o planejado, as obras e construções também possuem e, não se engane, cada grão de areia pode fazer a diferença quando o assunto é desperdício.

Ao criar as massas com o material, oriente para que os trabalhadores tomem cuidado. Muita água e pouca massa apenas desperdiçará material e fará muita sujeira, te obrigando a utilizar uma nova quantidade dos itens

E o oposto também não é interessante, já que utilizar de muito material e pouca água deixará a massa ruim e praticamente inutilizável. Neste caso, o equilíbrio é essencial e evita novas compras de material não programadas, aumentando também o custo da obra.

03 - Relatórios diários serão necessários

Até mesmo o serviço de instalação elétrica precisa de um maior controle e gerenciamento de seus relatórios, para saber o que está indo de acordo com o planejado ou não. Nas construções, esse padrão continua sendo exercido e é bastante necessário.

Procure atualizar sempre seus relatórios de Diários de Obras para que se tenha um controle melhor dos materiais que continuam sendo utilizados de maneira correta e quais estão sendo desperdiçados, para que assim você tome uma atitude caso necessário.

Dessa forma, procure entender o que aconteceu naquele dia na obra, para que assim saiba o que foi quebrado, o que está dentro do planejado, o que foi necessário comprar mais, entre outras possibilidades. Assim, sua empresa consegue saber o que está impactando o desperdício de material e realizar as medidas necessárias.

04 - Gerencie o seu estoque

A boa gestão do seu estoque pode ser a diferença entre uma boa otimização da compra de mais materiais ou a completa desorganização. Inclusive, se programar e ter material adicional no estoque e evitar novas compras faz parte do planejamento da obra.

Muitos problemas e imprevistos podem ser solucionados com a gestão assertiva do estoque de construção, porém, não se engane e desperdice dinheiro comprando muito material que, com as medidas corretas, podem ficar sobrando e não ter utilidade na obra.

Atente-se ao estoque e acompanhe a sua quantidade diariamente junto com os relatórios do Diário de Obra. Essa é uma ação que pode causar muitas diferenças no final do projeto.

05 - Crie um orçamento eficaz

O orçamento eficiente é muito mais do que passar o valor da obra para o cliente com tudo incluso. É necessário pensar e planejar possíveis gastos adicionais que, já incluem, um possível imprevisto de desperdício.

Como dito ao longo do texto, evitar completamente o desperdício é impossível, principalmente quando levamos em consideração as inúmeras variáveis que acontecem na obra o dia todo, ao longo da duração da construção.

Sendo assim, desperdício de materiais e de dinheiro podem acontecer por não planejar bem o seu orçamento. Atente-se e crie um escopo que já tenha os materiais necessários e utilize o investimento que tem de forma inteligente.

Considerações finais

O texto de hoje abordou algumas maneiras de evitar o desperdício com materiais de construção, oferecendo algumas dicas e orientações de como fazer isso, além de mostrar o impacto que um projeto mal realizado pode causar na obra.

Claro que cada construção é única e depende de diversos fatores que nem cabem com o objetivo desse texto, mas é importante entender o quão abrangente são as formas de desperdício e como elas podem ser evitadas com algumas ações simples.

É interessante sempre se reunir com os trabalhadores e envolvidos no projeto e conversar, fazendo com que todos estejam em sintonia e harmonia e saibam quais as regras para melhor aproveitamento dos materiais, evitando possíveis desperdícios.

Quando o projeto é bem acompanhado e gerenciado, é muito normal que, mesmo acontecendo imprevistos, seja mais fácil de evitar problemas que causem algum empecilho para a obra em um contexto geral.

Utilize as informações disponibilizadas e adapte-as à realidade da sua empresa e comece agora mesmo a planejar e implementar tais ações e medidas em sua obra, evitando possíveis desperdícios tanto de material quanto de investimento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.